quarta-feira, 30 de maio de 2012

Cordialidade



A tese da cordialidade inata do povo brasileiro exposta pelo historiador e sociólogo Sérgio Buarque de Holanda foi mal entendida e criticada.
A ponto de seu autor precisar explicar que não chamara o brasileiro de essencialmente bom ao destacar traços da sua personalidade.
Ninguém melhor do que Sérgio Buarque de Holanda sabia da truculência e da crueldade presentes nas nossas vidas desde as primeiras caravelas.
E com o tempo a “cordialidade” apontada pelo historiador ganhou significados novos e menos nobres.
Hoje é sinônimo do deixa-pra-lá-ismo que domina a moral nacional, e que não deixa de ser uma forma de generosidade com o próximo.
Não somos tanto cordiais como desleixadamente coniventes.
O sentido original da tese do Sérgio Buarque de Holanda foi recuperado, há dias, pelo ministro do Supremo Eros Grau.
Eros atribui as anistias dadas, tanto a recente quanto as outras no nosso passado, à cordialidade inata do povo brasileiro.
Invocar a velha tese da cordialidade para justificar o perdão foi estranho.
Poucas vezes na nossa História a cordialidade brasileira foi tão dolorosamente desmentida como nos porões da última ditadura.
Grau e os outros que votaram contra a revisão da anistia votaram não pela cordialidade, mas pela sua deturpação.
Votaram para deixar pra lá, e pela conivência.

Luiz Fernando Veríssimo

sábado, 26 de maio de 2012

Valores


Mantenha seus pensamentos positivos, porque seus pensamentos tornam-se suas atitudes. Mantenha suas atitudes positivas porque suas atitudes tornam-se seus hábitos. Mantenha seus hábitos positivos, porque seus hábitos tornam-se seus valores. Mantenha seus valores positivos porque seus valores tornam-se seus destinos


Gandhi

terça-feira, 22 de maio de 2012

Medo

Sempre que, motivado pelo medo, você deixa de agir em pró de si, isto se torna um exercício de auto-sabotagem.

Carl H. Dufresne

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Liberdades



Sou uma pessoa muito liberal, acho que tudo pode, mas isso nem é excesso de liberalidade, é mais uma vulgaridade que impera.

Ney Matogrosso

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Sinceridade



Descobri com o tempo que quando somos sinceros demais com os nossos sentimentos, ficamos tão transparentes, que o outro não nos enxerga...

Cleonice Braz

quinta-feira, 10 de maio de 2012

domingo, 6 de maio de 2012

Procrastinar



Eu procrastino, tu procrastinas, ele também...

A tendência ao perccionismo e a criação de expectativas irreais podem levar à procrastinação.


Jairo Siqueira

quarta-feira, 2 de maio de 2012

81433a______________SHNK_________________37927